Home » » Meu casamento esfriou. Devo tentar a troca de casais?

Meu casamento esfriou. Devo tentar a troca de casais?


Swing: Solução para crises ou fetiche?



O swing, também conhecido como “troca de casais”, é uma prática sexual em que os casais estáveis aceitam manter relações com casais liberais, amigos ou não. A psicóloga Giovanna Lucchesi acredita que a busca pela experiência da troca de casais com a função de fornecer prazer e de diversi ficar a prática sexual pode ser válida e satisfatória, desde que haja um consenso entre o casal. Porém, um alerta: a busca de sexo pela troca de casais com a finalidade de resgatar qualidade conjugal e sexual de uma relação em crise pode, em um primeiro momento, fornecer a sensação de bem-estar conjugal, mas também pode, futuramente, ser um potencializador dos desencontros. “Então, se estiver em crise, e se o casal não conseguir alinhar suas necessidades, é de extrema valia procurar um facilitador, ou seja, uma terapia de casal”, aconselha.



Não misture emoções com sentimentos!

Sempre que a relação está em crise, os sentimentos cam confusos, mas as crises nas relações não precisam ser necessariamente motivos para separações. Até mesmo as crises podem auxiliar no crescimento do casal, adequando às novas necessidades desta parceria. “As relações podem acabar quando os parceiros não têm mais disponibilidade de investir, de fazer concessões, de dividir e se divertirem juntos. Dentro desta perspectiva, podemos assinalar a diminuição do desejo de qualquer contato afetivo e sexual”, explica a psicóloga.

É importante lembrar de que cada pessoa tem sua maneira de lidar com as situações e isso depende da forma com que ela aprendeu a se relacionar no mundo. “Um bom diálogo, claro e assertivo, que respeita a diferença e as necessidades individuais da parceria pode contribuir de maneira signi cativa para a reconciliação. Se este diálogo ocorrer de forma inadequada e o casal não conseguir alcançar os objetivos desejados, a alternativa será buscar uma ajuda especializada, mais focada, conhecida como terapia sexual”, conclui a psicóloga.



Chama acesa

Para manter o calor do namoro, é importante que haja um diálogo claro e assertivo, mantendo assim a qualidade da relação. Encontrar alternativas para inovar a vivência sexual, e não deixar de fazer programas agradáveis a dois também são essenciais. Além disso, é necessário que o casal: respeite as vontades individuais; coloque a criatividade para funcionar; e estejam realmente dispostos a viver uma relação conjugal e sexual saudável.



A seguir, conheça alguns dos termos usuais entre os adeptos do swing: Casal liberal: casal estável, com certo grau de compromisso, que pratica o swing com frequência; Exibicionismo: prática sexual em que uma pessoa (homem ou mulher) sente-se sexualmente excitado exibindo-se em trajes sumários, ou até nu, em locais públicos; Ménage: encurtamento da expressão francesa “ménage à trois”, que signi fica “sexo a três”. Há dois tipos de ménage: o ménage masculino, 2 homens e 1 mulher; e o ménage feminino, 2 mulheres e 1 homem; Single: homem ou mulher que pratica o swing sendo solteiro. Também pode ser aplicado a pessoas curiosas que estão conhecendo o swing sem maiores envolvimentos




dicas para o sexo - sexualidade -  Desejos e Fantasias de Casal








 
Support : Copyright © 2015. make naty - All Rights Reserved