Home » » CONTOS QUE UM DIA TE CONTO VIII

CONTOS QUE UM DIA TE CONTO VIII















Vertigo acorda e pensa – segunda, trabalho...mas tenho que ir. Ao chegar no trabalho, com aquele ânimo de segundas,ele vê uma inspiração para qualquer trabalho, Fernandinha, que trabalha no RH e estava usando uma mini-saia de matar qualquer um, junto a uma blusa semi-transparente. Vertigo que estava afim de algo para quebrar o gelo diz:

_ola! Tudo bem com você?

_Tudo e você?

_melhor agora que te encontrei

_Rrsrrs, Você não tem jeito, pensa que não sei que dá encima das meninas daqui!

_ Rsrsrsssrs, o que é isso! Olha só minha fama!! Que absurdo!!

_Ta bom Vertigo, o que você quer?

_Como assim?

_Vai, me diz que tenho de ir para minha sala.

_Tá, vamos almoçar juntos ou pegar um cinema?

_Hummmm, o cinema eu aceito, me pega em casa as 19:00h

_ok!

O dia passou e Vertigo só pensava no encontro com Fernandinha, mal se concentrou ou mesmo trabalhou.Depois de chegar em casa e tomar aquele banho inspirado, Vertigo foi a casa de fernandinha e a encontrou com outra saia mínima e uma blusa baby-look , depois de conferir a gata de ponta a ponta, Vertigo tem uma surpresa ao que fernandinha diz:

_Vamos ficar aqui e nos divertir ou faz questão de ir ao cinema?

_Claro que não, vamos ficar aqui!

_Então entra!

Vertigo entra no apartamento de Fê e observa o quanto ela é culta, cds de MPB, Jazz, Blues, Rock e vários livros na estante, além dos DVD’S clássicos e de diretores complexos,porém ótimos. Fê,como ela gostava de ser chamada, sentou ao seu lado no sofá e colocou um B.B King para tocar, perguntou o que ele queria beber e disse que havia feito uns tira gostos para a noite.Vertigo ficou surpreso com aquele mulher com cara de ingênua e disse:

_Você é uma surpresa maravilhosa!!

_srrsrsrs, porquê?

_eu não esperava tudo isso!!

_Gosto de ser direta e além do mais tanto eu como você queremos a mesma coisa.

_ Como assim!? (se fazendo de sonso)

_Vertigo, eu já pensava em sair com você e sempre via seus olhares, a não ser que eu esteja muito enganada, você quer me comer, ou não!?!?!

_Nossa!! Direta mesmo, srssrrsr.Sim, você está certa, eu é que não estava certo de que você queria a mesma coisa, então vamos deixar de conversar e vem cá!

Vertigo acariciou o rosto de Fê e beijou seus lábios que pareciam mais deliciosos do que ele já imaginará. Sem cerimônias Vertigo foi acariciando as coxas de Fê e já encontrando uma xaninha sem calcinha e depilada, ele foi a loucura e não pensou duas vezes, ficou de joelhos, abriu as penas de Fê e começou a chupá-la com gosto e com muito tesão, pois aquela mulhar tinha feito algo que ele adora, mulher sem calcinha e depilada.Vertigo chupava o grelinhao de Fê que não parava de se contorcer no sofá, e quanto mais Vertigo passeava com sua língua por sua xana, mais Fê se contorcia e gritava para ekle não parar.Vertigo não estava disposto a parar e num gesto rápido pegou Fê e virou-a colocando-na de quatro,Vertigo, foi introduzindo devagar naquela xana deliciosa e observava os quadris de Fê se requebrando a cada estocada que sentia.Fê não esperava por aquilo e se desmanchava na sofá, enquanto Vertigo acariciava seus seios e sua xana.Fê goza gostosamente e Vertigo retira seu pênis e abaixa novamente, mas deixa Fê de quatro e volta a chupá-la, o que faz Fê ir a loucura com tudo aquilo e mais uma vez ela goza. Depois de um pedido de descanço, Fê, deita no colo de Vertigo que esta mais aceso que nunca e começa a acariciar seu pênis e a beijá-lo com desejo E Vertigo acariciava o corpo de Fê com carinho entre suas costas e suas nádegas. Fê começou a colocar o pênis de Vertigo na boca e bem devagar foi sugando e dando mordidas de leve, fazendo Vertigo estremecer e acariciar a xana da gata deitada, que começa a masturbar Vertigo e aumentar os movimentos fazendo Vertigo Gozar na boca e no rosto de Fê que gosta de se lambuzar e brincar com o gozo do rapaz, que louco de desejo suspira de prazer...

VERTIGO

 
Support : Copyright © 2015. make naty - All Rights Reserved