Home » » CONTOS: Por uma Sandália Nova

CONTOS: Por uma Sandália Nova




































Segunda feira, minha prima Paola apareceu lá em casa, a coitadinha estava triste, reclamona...Reclamou muito especialmente do marido que nunca satisfazia seus desejos de compra de roupas, e ainda por cima tinha chegado na noite passada com o pau assado e quando ela lhe perguntou a razão do machucado, alegou simplesmente que tinha sido uma punheta muito forte...Pois sim.. ele estava certamente colocando um bom par de chifres nela.Eu tentei animá-la e disse: Fica feliz,sábado que vem tem a festa da Érica. Ela então comentou que queria muito uma sandália nova para ir à festa mas não tinha dinheiro pra comprar e o filha da puta do marido dela se negava a comprar mesmo ela sabendo que ele tinha dinheiro, e ainda por cima ficava dizendo que ela já tinha muitos sapatos e podia escolher qualquer outro .Como podia ficar animada? Então eu tive a brilhante idéia !!!!!!!! Vejam qual foi: Por minha sugestão..., Paola ligou para o meu namoradinho que naquele momento estava almoçando com suas duas irmãs e disse exatamente o que eu mandei:

- Olá Rafael, aqui é a prima da Nadine. Meu nome é Paola e hoje eu comentei com ela que queria muito uma sandalia para ir auma festa no próximo sábado, mas que não tenho dinheiro para comprar, então ela disse que você provavelmente....

Me daria... a sandálinha.. se eu te ligasse e oferesse meu cuzinho em troca da sandália.
É verdade ? Daria mesmo?...

Coitado, ele não podia responder muita coisa pois estava com suas duas irmãs mas sentiu um tesão danado e já com o pau duro respondeu:

- é claro, vamos ver isso!!

Alguns minutos depois, já desvencilhado do almoço familiar,ele me ligou e disse: Você é maluca !!

É a namorada mais sacana que eu já tive !!É sério o que tua prima propôs ? Quando vamos fazer isso ?Pode ser na quinta ?? - Sim pode, eu respondi!

Imagino que o coitado não dormiu direito os dias que antecederam ao grande sacrifício da Paola em troca da sandalinha !! rsrsrs. Na quarta quando ele me ligou eu estava no sexshop comprando um pau para tambem comer a minha priminha,pois sempre tive este desejo.Planejamos os mínimos detalhes, o que fez com que eu e ele sentíssimos um tesão danado...estávamos muito ansiosos, principalmente porque Paola jamais havia traído seu marido e confessava que só tinha experimentado pau no rabo com um namorado anos atrás e a experiência tinha sido dolorosa, e por consequência nunca tendo admitido seu marido pela porta de trás, apesar das inúmeras tentativas do infeliz prestes a receber um par de chifres !! O grande dia chegou ! Encontrei com a Paola pertinho da minha casa, para irmos juntas.Eu estava animadíssima mas ela tadinha, estava assustada e morrendo de medo ! Encontramos o Rafa, que alertado por mim sobre a malfadada experiência anal de minha prima, passou primeiro por uma farmácia e comprou um tubo de xilocaina (anestesica) além é claro de um graaande tubo de vaselina KY e várias camisinhas tamanho 55 (as mais largas) face ao diametro avantajado do meu principe. E fomos os 3 para um motel lindo com piscina e ampla vista para o mar, o que já deixou minha prima mais confortável e deslumbrada.Mais que depressa eu tirei toda a minha roupa e comecei tirar a dele, mas ela, ah ela estava MORRENDO DE VERGONHA, disse um milhão de vezes que não sabia se conseguiria, que só tinha dado o cuzinho uma vez na vida e que doeu muito... !!Quando então ela viu pela primeira vez o tamanho do pau do Rafa, aí que ela ficou louca mesmo !

- Ai meu Ddeus ! Seu pau é muito grande... Caramba...Não vai entrar mesmo na minha portinha de trás...Acho que não vou ganhar minha sandalinha... !! rsrs Parecia que estávamos fazendo uma grande maldade com a Paolinha. Tiramos a roupa dela bem devagarzinho, exceto a calcinha e pedimos que ela se sentasse naquela cadeira especial de motel e colocamos os pezinhos dela sobre os aparadores de metal numa posição quase genicológica...Ela fechou os olhos de vergonha.... Daí passamos nós dois a examiná-la como se médicos fossemos, afastando a calcinha e dedilhando sua rachinha e seu grelinho como que estudando sua anatomia...Sua bucetinha era dessas raras que mesmo com mulheres adultas ainda parece o de uma garotinha nova, sem qualquer babado para fora. Uma gracinha.Alternadamente chupamos a bocetinha da Paola e pela primeira vez senti o sabor delicioso da bocetinha da minha priminha, e mesmo com vergonha ela ficou toda molhadinha. Depois invertemos as posições e meu namorado encorajou ela tambem (que nunca tinha posto a boca numa boceta) a me chupar, e... ela me chupou..e como chupou bem.. enquanto o Rafa enfiava pela primeira vez a sua lingua naquele cuzinho praticamente virgem. Ele comentou, para mais vergonha ainda de Paola, que o cuzinho dela era fechadinho e parecia uma cornetinha, e que o gosto era salgadinho e danado de bom.A seguir ele enfiou fundo a sua língua agil e comprida no ânus da coitadinha.Ele então a levou para a cama e pediu para que ela ficasse de quatro, no que ela atendeu prontamente... e ele disse: - Então você nunca traiu seu marido ?

- Não, até hoje sempre fui fiel, mas aaaacho...êle tá merecendo....

- Então prepara pra colocar o primeiro chifre nêle,

agacha bem, arqueia sua bunda, enfia sua cabeça no travesseiro e com suas mãozinhas abre bem esta bucetinha de ouro, que eu vou começar a atarrachar o artifício na cabeça do teu marido.A esta altura Rafa já tinha colocado a mega camisinha no seu cacête rombudo e eu estava alí ajudando passando mais um pouco de vaselina KY no mastro para que ela já não se assustasse ali mesmo.Êle então esfregou a cabeça agora arroxeada do seu 'poste' na racha da minha priminha que começou a tremer com a bunda aberta, e então a 90 graus com a entrada da buceta dela, iniciou a exploração de petróleo enfiando centimetro a centimetro aquela vara grossa e comprida na buceta de Paola, ao mesmo tempo em que puxou seus cabelos e sussurou no seu ouvido...- Tá sentindo o chifre sendo colocado nêle, putinha.... ?- Ai que vergonha prima....Por que que eu fui na tua onda... ui ui ui.Aiiiii meu Deus... Eu não vou me perdoar por este sacrilégio... Ai minha Nossa Senhora...Este pau é grosso demais moço... Aí que quentura que tá me dando na xota... Enfia fundo... mais... mais..fode agora com força.Não para não... Aaaaaaaaaaiiiiiiii. Me arrombou toda.....Caraaaaaalho !!

- Agora vamos ao outro chifre. Uma piquinha no cú se faz necessário minha filha, pois nenhum chifre é completo sem uma enrabada na esposa safada.

- Ai não..... No cú não... Num vô aguentá...É muito grosso... Na buceta já foi quase impossível, imagina no meu rabo.. De jeito nenhum E se virou de frente inibindo a enrabada.Daí resolvi me intrometer...- Priminha, se tá com medo do pau do Rafa, deixa pelo menos eu tentar com o meu cacetinho de borracha.

É menorzinho...

- Sei não... Acho que vai doer...

- Deixa de frescura menina...

- Tá bom, mas só um pouquinho.

Então vesti o cinto com o cacete de borracha adaptado que era mais fininho que o pau do Rafa, mas compridinho. Pus Paola de quatro novamente, chupei o cú dela com bastante saliva, mas esqueci que o cú dela já tava com aquele creme anestesiante e sem querer anestesiei minha lingua passando a falar com dificuldade...- Hamo Phaola, Hica quetina que eu ha vo timhabá..Caraho, minha linga tá anestesiada com eha poha de vahelina anestehiante.... mas hamo lá.Daí montei nela e tentei enraba-la. O sacana do Rafa pegou a câmera fotográfica e danou a bater fotos da gente..Que vergonha....Eu só gritava....- O hosto naum, o hosto dahente naum...só pohe fotograhá a buheta e a hica di hlastico, hinão nós hamo fuhida na comunihade....O Ráfa então cooperou e tirou várias fotos só dos nossos corpos, mas cada vez que eu começava a enrabar Paola pra nós sermos fotografadas a danada contraía o cú e a pica saía. Rafa não conseguiu tirar nenhuma foto com a pica dentro.Quando finalmente consegui por um pouquinho da cabeça da pica de borracha no cú de Paola, ela começou a choramingar dizendo que não ia aguentar, que preferia não ganhar a sandalinha e ficar mesmo só com uma havaiana, daí eu desenrabei o tiquinho que tinha colocado no rabinho dela e falei:

- Então venha assistir como se dá o cú direito. Senta aí atrás de mim pra ver o pau entrar desde o começo. Neste momento, Rafa já estava com a rola encapadinha e vaselinava com barulho o cacete fazendo Paola arregalar os olhos com a cena.Fiquei de bunda pra cima, enterrei a cara notravesseiro, abri minhas bandas da bunda ao extremo expondo meu orifício rugoso e me preparei pro sacrificio. Rafa subiu em cima da cama e comandou Paola pra ajudar e ajustar a cabeça da rola certinho no meu cú, no que ela fez com prazer e ainda falou....

- Pimenta e pica no cú dos outros é facil né prima.

Agora vamos ver se no seu continua fácil...Senti a pica forçando a entrada, relaxei, o esfíncter foi abrindo para aquela grossura toda e senti uma dorzinha .. um desconforto inicial, mas autorizei:- Vai Rafa ! Arromba sua putinha...Come meu cú como você gosta.E ele não pestanejou. Me enrabou com muito carinho mas sem piedade. Não é que o caralho é grosso mesmo.Tadinha da priminha virgem de cú... Cheguei a sentir uma lagriminha rolando minha face mas continuei abrindo o cú ao maximo e relaxando.E minha prima a tudo assistia estupefata por trás de nós dois chegando até a acariciar o saco de Rafa que então não aguentou e esporrou todo meu cú por dentro enfiando até o talo.Eu como adoro dar o cú, já estava tocando uma siririca voraz e gozei farto tambem com o talude no rabo.Fomos os 3 pro chuveiro e aí rimos a bessa com o acontecido, mas o Rafa foi taxativo: - Sandalinha ? Só havaiana pra quem não deu o cú.

- Quer dizer então que minha prima vai ganhar uma sandalinha bonita e eu vou ficar com uma havaiana de merda é ?

- Parece que sim...

Daí Paola saiu brava do chuveiro e foi pro quarto.Nós dois continuamos brincando no chuveiro nos lavando,beijando daí Rafa resolveu sair e foi pro quarto me deixando debaixo daquela água gostosa.Chegando no quarto encontrou Paola recostada na cama pensativa..

- Pôxa.. tô chatiada... Botei só um chifre no meu marido,

e o sacana merece o par completo, e nem vou ganhar a sandalinha ? Ah não..Quero tentar de novo. Você quer me ajudar Ráfa ? Pela fresta entreaberta da porta vi o milagre da resurreição dos mortos e o pau do meu namorado imediatamente engordou e levantou perante meus olhos...Que coisa bonita.Fiquei só vendo de longe ele colocar ela novamente de quatro, chupar o cú dela (não deu pra avisar sobre a pomada anestesiante e a lingua dele tambem foi pro brejo... ahahahahaha...), e alojar o rombudo no olhinho do cuzinho da próxima vítima dele.Como berrou a sacana.. Parecia uma bezerra desmamada.Saí do banho e fui observar.Ráfa fez a menina carinhosamente e pude ver como o cuzinho dela se dilatava pra acomodar aquele monstro e recebia centimetro a centimetro, rangendo aquele rolo de carne, veias e nervos.. Que cena.Ela berrava mas pedia:- Aiiiii.. Puuuuuuuta quiospariu.... Caraaaaaaalho que coisa grossa.... Acho que nunca mais meu cú vai fechar...Daí Ráfa tirava o pau de dentro para eu olhar o estrago ..Caramba que túnel estava... E enterrava de novo tudo no cú da cachorra falando...

- Oh! Minha criança... Força pra aguentá que eu tô atochando o útimo chifre na cabeça do seu marido...E olhava pro alto como se estivesse falando com o marido dela e dizia:

- ATocha.. tua mulher tem um cuzinho delicioso.

O Rafa é um autentico radialista... Fala o tempo todo durante a trepada e isso me dá o maior tesão.E deve ter dado tambem na Paola pois de repente ela começou a berrar:

- Caraca... Agora tá uma quentura incrível no rabo.

Num é que tá gostoso? Puxa.. tô gostando. Cárca mais Ráfa. Fode... Enfia...Enraba meu gato ! Meu marido que vá pra puta que o pariu com seu pau avariado.Mete no meu cú...

- Natália, tua prima está tomando no cú igual a gente grande... Aho que aprendeu

- Afffffff... Aaaaaaaaaaaai.. tô gozando Ráfa..Soca.... Mais.. Afffffff. Puta kiuspariu !!!!!!!!!!! Tô gozando.. Tô gozando...Ahhhhhhhhhhh....O que me faz adorar o Rafa é que mesmo sendo garota de programa e tranzando com um monte de homens, ele é "o cara" na cama ele sabe fuder comoquase ninguém no planeta terra e principalmente,ele sabe comer cú (que é o que eu adoro) como ninguém mesmo !!Quando ele mete aquele pau super grosso no meu cú,fico louca, me sinto uma garotinha de colégio sendo enrabada pelo professor...sempre gozo assim!!.

- Isso Paolinha, não quer a sandálinha ?

Então tem que dar o cuzinho...Dá o cú sem reclamar senão não ganha a sandália !Então ele não aguentou mais, encheu cú dela de porra!

- Pronto !!! O Sacrifício foi grande mas a sandália está garantida!!.

No sábado seguinte fomos as duas à festa de sandalinhas novas, pois o Ráfa deu sandalinha pra ela e pra mim tambem.. Que bonitinho.Adoro esse cara...E na festa eu sempre que podia chegava perto de Paola e do marido corno e perguntava...

- Que sandalinha bonita Paolinha... Foi muito cara ????

- Ah foi Natalia.... Custou um bocado mas consegui...

E o babaca do marido ria com sorriso amarelo....Não sei ela, mas eu e o Rafa adoramos a brincadeira...Vamos nos lembrar muito desse dia de sacrifício da Paola...

FONTE: www.casadoscontos.com.br
 
Support : Copyright © 2015. make naty - All Rights Reserved